Livro de Informações do AL

Download
Fascículo #1 - Livro de Informações do AL (publicado na Newsletter #1 - 15 de Março)
Nos próximos números partilharei outros fascículos que os colegas podem imprimir e colocar no seu AL ou adicionar ao seu Livro de Informações, conforme o caso.
As folhas não vão numeradas precisamente para que possam organizar o seu livro de acordo com as suas necessidades e preferências.
Junto com cada fascículo irão também folhas em branco, que podem imprimir na quantidade que necessitarem, para que possam adicionar as informações específicas relevantes a cada um dos vossos casos.
Agradeço o vosso feedback e a vossa compreensão caso detectem algum erro. E solicito, como sempre, o vosso contributo na melhoria desta e outras ferramentas.
Livro de Informações AL #1.pdf
Adobe Acrobat Document 28.2 MB
Download
Fascículo #2 - Cartão de Segurança (publicado na Newsletter #2 - 15 de Abril)
Na 2ª edição da actuAL disponibilizamos um cartão de segurança que podem afixar em 1 ou mais locais do vosso AL, sinalizando onde estão os equipamentos de segurança contra incêndio, kit de primeiros socorros, e nr de emergência. Ao qual podem, naturalmente, adicionar outras informações que sejam relevantes no vosso caso.
Juntamente com o cartão de segurança por preencher, enviamos um exemplo de como pode ser preenchido. Devem adaptar ao vosso apartamento.
Livro de Informações AL #2-2.pdf
Adobe Acrobat Document 433.7 KB

Compre aqui o Livro de Informações

 

Este livro foi desenvolvido por Carla Costa Reis, que cedeu à Loja do AL o direito de distribuição do livro completo em versão impressa. 

 

Pode efectuar a compra e solicitar o envio directamente neste link: Livro de Informações

 


Formato: revista A5, 16 páginas (capa+contracapa+interior) a cores.

 

Preço 5,15€ + envio


 

Estimado colega,

palém das informações obrigatórias ao abrigo da nova lei do alojamento local, decreto-lei 62/2018, que obriga a que disponibilizemos aos hóspedes informação sobre o funcionamento do estabelecimento e respectivas regras de utilização internas, nomeadamente incluindo as regras sobre a recolha e selecção de resíduos urbanos, funcionamento dos eletrodomésticos, ruído e cuidados a ter para evitar perturbações que causem incómodo e afectem a tranquilidade e o descanso da vizinhança, que deve conter também o contacto telefónico do responsável pela exploração do estabelecimento, o manual do nosso alojamento tem um papel muito importante na nossa tranquilidade. É a este manual que os nossos hóspedes podem recorrer para encontrar respostas para as perguntas frequentes durante a estada no nosso AL. 

Um manual bem preparado vai evitar que os hóspedes estejam frequentemente em contacto connosco para resolver pequenos problemas, ou para encontrar a informação que precisam a determinado momento, muitas vezes a horas que já não nos dão jeito.

 

Em Portugal, ao contrário de muitos dos países para onde viajei, é muito comum os anfitriões receberem-nos presencialmente. Mostram-nos o apartamento, explicam como funciona tudo, aconselham restaurantes, falam da cidade, etc. Infelizmente, é muito comum os hóspedes estarem tão entusiasmados com a chegada a nossa casa que não ouvem nem metade do que dizemos. No momento em que terminamos o check-in.. puf!, já se esqueceram de como se liga a TV. E é por isso que, obrigatório por lei ou não, não há nada melhor que termos disponível no nosso AL toda a informação de que os hóspedes podem vir a precisar.

 

 

Nos fascículos que iremos disponibilizando encontrarão a informação básica a ter num alojamento local, e mais alguns detalhes que podem dar muito jeito.

 

Cada um de vós deverá, naturalmente, adicionar/adequar a informação disponibilizada aos vossos casos concretos. Deixo-vos algumas páginas em branco para que possam juntar o que considerarem relevante.

 

Temas que iremos abordar nos diversos fascículos do LIVRO DE INFORMAÇÕES:

 

 

SEGURANÇA:

De acordo com o enquadramento legal do alojamento local, precisamos ter no apartamento os requisitos de segurança definidos para a nossa tipologia. Para além do que vem definido por lei, o nr de emergências bem visível, do extintor, manta de incêndio, kit de primeiros socorros, e respectivas sinalécticas, convém termos também uma “folha de segurança” onde indicamos o endereço completo do nosso alojamento (imaginem que os hóspedes precisam contactar o 112 e não sabem a morada de cor..), a localização exacta do material de segurança do nosso apartamento, as indicações de como devem proceder em caso de emergência, os contactos e endereço da farmácia mais próxima e indicações sobre onde consultar farmácias abertas 24h. Não deixem também de incluir o contacto de um taxista de confiança, assim como o contacto de um médico ao domicilio que fale, pelo menos, inglês. 

 

INFORMAÇÃO BÁSICA

Para além das das informações anteriores, que podem salvar a vida dos vossos hóspedes, convém também adicionar informações que podem economizar tempo e evitar confusões, nomeadamente, a password da internet, a localização do router caso seja necessário um reset, instruções de como ligar a tv, as máquinas de lavar roupa e/ou louça, a máquina de café, o AC, os aquecimentos, equipamentos de cozinha, etc. Normalmente os manuais dos equipamentos vêm em várias línguas, basta reuni-los todos num dossier e indicar a localização aos hóspedes. Caso já não tenha esses manuais, pode pesquisar nos sites da marca, é muito comum disponibilizarem os pdf. Pode também criar um mini manual de instruções para cada um dos equipamentos existentes no seu apartamento. Ter disponíveis essas informações no apartamento salva-nos muitas viagens e contactos desnecessários.

 

Caso disponibilizem, incluam também informações como onde encontrar mais roupa de cama, toalhas (ou como pedir e quanto custam esses extra) assim como produtos de limpeza. Por fim,  e para que o apartamento não fique a cheirar mal nem atraia insectos, indique como, onde e quando por o lixo fora e como tratar e/ou onde deixar os recicláveis. 

 

TRUQUES & DETALHES

Há um sem número de informações que podem efectivamente fazer a diferença e poupar-nos  muito tempo e trabalho. Por exemplo, nós já sabemos os truques todos para fechar aquela janela empenada, ou para abrir a porta do prédio com aquele jeitinho na chave que só nós sabemos… É importante passar essa informação aos hóspedes. 

Do mesmo modo, se a água quente demora 2 minutos a chegar ao WC, convém indicar isso senão ao primeiro banho temos logo um telefonema a dizer que não há água quente. O quadro dispara se os 3 aquecedores estiverem ligados ao mesmo tempo? Então expliquem isso aos hóspedes, aproveitem para lembrar que no manual da casa podem ver onde fica o quadro e como fazer para voltar a ligar os disjuntores.

 

 

LOCALIZAÇÃO

Conhecemos o nosso AL, o nosso bairro e a nossa cidade como a palma das nossas mãos.. mas os nossos hóspedes não! A primeira coisa a fazer quando recebemos alguém no nosso apartamento deve ser anotar no mapa a localização onde se encontram. Caso se percam, saberão sempre como voltar mesmo que tenham ficado sem bateria nos telemóveis. Os postos de turismo costumam ter mapas gratuitos. Se não houver nenhum na sua localização, vá ao google e imprima umas quantas cópias. 

 

DICAS LOCAIS

Todos os turistas querem fazer o que os locais fazem. Querem recomendações de lugares não turísticos, querem ir aos mesmos restaurantes que nós etc.. E esta é uma excelente oportunidade para brilharmos, e para fazermos brilhar o comercio tradicional. Sendo portugueses então, que estamos sempre com um pé no tasco e outro na padaria, é fácil desfiarmos um rol de sugestões. Muitas vezes os hóspedes escrevem nas reviews o quanto adoraram as nossas recomendações. 

Normalmente, acrescento que “podem comer tudo o que quiserem, sem medo de engordar, pois depois têm de voltar para casa e o prédio não tem elevador”. Esta piadinha já me salvou muitas vezes de reviews menos simpáticas de quem não gosta de subir ao 3º andar ao final do dia ;-)

 

Pessoalmente, fujo à tentação de ter estas informações em formato digital. Muitas pessoas quando vêm de férias não gostam de estar sempre agarradas ao tlm ou a descarregar aplicações, pelo que o meu melhor conselho é que imprimam o manual em anexo (ou outro mais completo que já tenham) e deixem disponível no apartamento para os hóspedes consultarem.

 

 

REGRAS DA CASA (e do CONDOMÍNIO)

Cada anfitrião define as regras da sua casa, que devem incluir, e respeitar, as regras do condomínio. Nestas regras devem estar definidos os horários de descanso e as instruções de onde, quando e como deitar fora o lixo. As regras de utilização dos espaços comuns do edifício e os contactos e indicações sobre como contactar o proprietário e/ou gestor do apartamento. O que fazer/dizer caso algum vizinho bata à porta etc etc. 

 

Não é, no caso dos apartamentos e moradias, obrigatório dar conhecimento aos restantes condóminos de que temos um AL, contudo, ditam as regras da boa vizinhança (e da vida em geral) que mais vale prevenir que remediar. Por isso, será sempre aconselhável cultivar uma boa relação com os vizinhos e indicar-lhes que, caso tenham algum comentário ou reclamação, que devem sempre contactar-nos directamente. 

 

 

 

Espero que vos seja útil. 

 

Carla Costa Reis